Por que fazer Backlog Grooming? Para Roman Pichler, assim como o seu jardim, que vai crescendo até se tornar uma selva se não for devidamente cuidado, o seu backlog também vai crescendo e tornando desajeitado se não for dada a ele a devida atenção [2]. “O Backlog precisa de atenção e cuidado frequente, precisa ser organizado cuidadosamente.”

O propósito de Reuniões de Backlog Grooming é aprimorar o Backlog.

A palavra Grooming em inglês significa cuidar da aparência, manter limpo e arrumado. Para facilitar a semântica do artigo, traduzirei “Backlog Grooming” como “Organização do Backlog“, considerando que organizado é por consequentemente limpo e arrumado. Alguns autores preferem chamar de Refinamento de Backlog [4].

Organizar o backlog é uma processo contínuo que envolve:

  1. A descoberta de novos itens, assim como alteração e remoção de itens antigos [2].
  2. Quebrar Estórias muito grandes (épicos) [1].
  3. A priorização dos itens do backlog (trazendo os mais importantes para o topo) [2].
  4. Preparar e refinar os itens mais importantes para a próxima reunião de planejamento [2].
  5. Estimar e corrigir estimativas dos itens do backlog (em caso de novas descobertas) [2].
  6. Incluir Critérios de Aceitação [1].

Muitas equipes que utilizam métodos ágeis como Scrum e XP, reclamam que suas reuniões de planejamento “levam uma eternidade” [1]. Sessões de Backlog Grooming, podem ser utilizadas como uma ferramenta simples e rápida para tornar as reuniões de planejamento mais eficientes.

Embora a manutenção do Backlog seja de responsabilidade do Product Owner, outros membros do time podem colaborar na reunião de Organização do Backlog, Ken Schwaber sugere a participação de 10% da equipe[3] durante de 5 a 10% do tempo da Sprint [4], de forma a incentivar a comunicação face-a-face entre as pessoas ao invés de outros meios como comunicação por e-mail ou documentos.

Roman sugere a utilização de cartões de papel como ferramenta para facilitar a colaboração na reunião, cada participante pode pegar um cartão e escrever suas ideias. Depois, estas podem ser agrupadas e, caso necessário, pode-se transferir as informações para uma ferramenta eletrônica [2], como o Acelerato, por exemplo, para que você possa organizar seu backlog, fazer o planejamento de iterações e releases, e organizar as os itens de trabalho da sua equipe em categorias e marcá-los com tags.

Faça sua sessão de Backlog Grooming agora mesmo!

Referências

  • [1] How to Hold an Effective Backlog Grooming Session by Angela Druckman
  • [2] Agile Product Management with Scrum: Creating Products that Customers Love by Roman Pichler
  • [3] Schwaber, Ken. 2007. The Enterprise and Scrum. Microsoft Press
  • [4] Scaling Lean & Agile Development by Craig Larman; Bas Vodde

Conteúdo Relacionado

Share This