A fantástica técnica dos Seis Chapéus do Pensamento criada pelo Dr. Edward de Bono te ajuda a analisar um problema, uma ideia ou uma situação de diversas perspectivas diferentes permitindo que você e sua equipe tenham uma visão mais abrangente para tomar decisões melhores.

De Bono é um dos maiores especialistas em pensamento da humanidade, ele é MD, PHD e Rhodes Scholar, já escreveu mais de 72 livros em 41 línguas.

A técnica dos Seis Chapéus do Pensamento consiste na utilização de diferentes chapéus do pensamento. Para cada chapéu você foca em apenas um aspecto diferente do pensamento deixando os demais de lado até mudar de chapéu. Isso permite que você analise todas as perspectivas possíveis e não caia na cilada do pensamento de grupo ou group thinking.

Pensamento de grupo é um tipo de pensamento em que as pessoas tentam minimizar conflitos e chegar ao consenso sem testar, analisar e avaliar criticamente as idéias.

Nessa situação as pessoas evitam promover pontos de vista fora da zona de conforto do pensamento consensual com medo de ser encarado como ridículo, ou para evitar irritar demais membros do grupo.

O pensamento de grupo pode fazer com que grupos tomem decisões precipitadas e irracionais, onde dúvidas individuais são postas de lado, por medo de perturbar o equilíbrio coletivo.

Entendendo os Seis Chapéus do Pensamento

Chapéu Branco: Nesse chapéu você deve focar apenas em fatos, dados e informações disponíveis. Nessa hora não se deve dar opniões, falar sobre pontos positivos nem negativos, apenas fatos.

Por exemplo: Tivemos 5 defeitos na semana passada ou aumentamos nossos lucros em 20% no último mês.

Chapéu Vermelho: Nesse chapéu predomina a intuição, sentimentos, e a emoção.

Ex: Nossos clientes estão frustrados por causa dos últimos defeitos e o time está perdendo a motivação.

Chapéu Preto: O chapéu dos pontos negativos. O que pode dar errado? Quais são os ricos? Que problemas podemos criar? O Chapéu preto vai te ajudar a criar planos mais mais resilientes e mitigar riscos.

Ex: Nossos clientes vão cancelar o contrato se não melhorarmos a qualidade. 

Chapéu Amarelo: Esse é o chapéu do pensamento positivo, do otimismo. O que há de bom? Em que estamos acertando.

Ex: Estamos mais produtivos do que nunca,  e já houve melhora do mês passado pra cá na qualidade, e estamos focados em encontrar soluções inovadoras, tudo indica que vamos superar esse problema. Já recebemos alguns feedbacks positivos e ainda vamos melhorar muito até o próximo lançamento.

Chapéu Verde: O chapéu da criatividade, da inovação, do brainstorming. Pense fora da caixa, proponha algo diferente.

Ex: E se nós mudarmos a formação das equipes para disseminar o conhecimento entre pessoas?

Chapéu Azul: É o chapéu do controle e do processo. Utilizado pelo facilitador. O facilitador é aquele que conhece bem o processo dos 6 chapéus e vai conduzindo a reunião e chamando a atenção das pessoas quando alguma regra do processo é quebrada.

Ex: Se alguém começar a levantar riscos e pontos negativos no chapéu branco, o facilitador deve interromper e lembrar que o chapéu branco é para fatos e informações, e pedir que a pessoa aguarde o momento certo para levantar os riscos…

Fiz alguns slides e um vídeo de menos 5 minutos para te ajudar a explicar a técnica dos Seis Chapéus do Pensamento para a sua equipe:

Espero que você tenha gostado, e que ponha Os Seis Chapéus do Pensamento em prática em sua próxima reunião com sua equipe.

Se quiser aprender mais, nesse vídeo o Professor Peruzzo explica os Seis Chapéus do Pensamento e dá exemplos de como utilizar a técnica de forma bem divertida:

Leia o livro de Eduard de Bono para aprender mais.

 

Conteúdo Relacionado

Share This