Este post foi escrito por Felipe Rodrigues (@felipero) da Crafters.  Empreendedor desde criança, trabalhando para transformar ideias em modelos de negócio para produtos e experiências incríveis. Especializado em criar modelos de negócios e propostas de valor. Apaixonado por sua empresa há mais de 7 anos, liderando a Crafters Studio para gerar valor para mais de 30 startups de vários países. Fotógrafo, músico, paisagista e eterno estudante nas horas vagas.

Acompanhando startups nos últimos 10 anos, sei quão difícil é ter sucesso. É preciso ser lean. Aprender em ciclos curtos e trabalhar o máximo de hipóteses. Como enxugar ainda mais a sua startup através do conceito de propostas de valor?

Modelando a sua oferta

Criar uma proposta de valor é definir a sua oferta para o seu mercado. Isso é difícil demais. Muitas startups precisam mudar de direção ou nicho para sobreviver. As suposições iniciais sobre público podem estar erradas. É tudo uma questão de encontrar e validar a proposta de valor adequada e clara para o público.

A qualidade da proposta de valor pode definir a velocidade da sua startup. Ela vai determinar qual é o segmento e qual é a oferta mais adequada para o seu público alvo. É preciso utilizar ferramentas apropriadas, dedicar tempo e esforço para validá-la. É um processo que exige dedicação e atenção, mas que traz resultados duradouros.

O time de inovação ao invés do time de produtos

Você deve focar no cliente ao invés de focar no produto. É o paradoxo entre o Product Development Model e o Customer Development Model, ambos relatados por Steve Blank no livro The Four Steps to the Epiphany. Não adianta nada ter um bom produto se não tiver alguém disposto a pagar por ele. As pessoas só pagam pelas coisas nas quais enxergam algum valor.

Na Crafters temos adotado a inovação como uma questão cultural. Dedicamos 2 horas por dia para explorar novas ideias. Estudar, construir, debater, sair da zona de conforto para gerar inovação. Isso sempre está relacionado à evolução das propostas de valor para nossos serviços e produtos. Mais do que um time de produtos, nosso time é um time de inovação.

Não deixe o MVP matar a sua startup

O conceito de Lean Startup é bem disseminado entre as startups. Ele descreve uma maneira mais enxuta de trabalhar o aprendizado do produto. Daí veio o conceito de MVP (Minimal Viable Product). É preciso ter cuidado com ele.

Percebi que um MVP não é suficiente. Em muitos casos é prejudicial. Qualquer MVP vai demandar um desenvolvedor de software e gerar apego em relação a suas hipóteses. O MVP exige dinheiro para ser desenvolvido. Quando não há dinheiro, os founders buscam por co-founders técnicos. Alguém que tope ser sócio para desenvolvê-lo. Muitas vezes a startup morre aí. Não é fácil encontrar um sócio que dedique tempo e esforço da forma correta. Neste caso, quanto mais dinheiro investido, maior o risco.

Como se já não bastasse, há outro grande problema com o MVP: Muitos empreendedores desistem de empreender quando seu MVP não obtém tração ou não agrada ao público. A falha de um MVP é associada de maneira negativa. É totalmente compreensível, dado o fato de que todos os ovos foram colocados em uma única cesta.

Existe alguma alternativa?

Value Proposition Design (Design de Proposta de Valor)

O Value Proposition Design é um processo que facilita a criação de propostas de valor. Ele consiste em entender o segmento de clientes. A partir disso é possível elaborar novas propostas de valor. Ainda assim, o resultado é baseado em hipóteses e pré-supostos que precisam ser validados.

Dentre as possíveis práticas de validação estão: Storyboards, landing pages, ilustrações, entrevistas, simulação de vendas, crowdfunding, MVPs e muitas outras. Um time dedicado à inovação pode ajudar muito na hora de definir como cada hipótese será testada. O importante é investir nas hipóteses gradualmente, selecionando apenas as mais fortes.

O conceito de propostas de valor é extremamente útil e permite avançar na validação de uma ideia antes mesmo do MVP. Isso trará mais credibilidade para a sua startup. Aposto que o seu pitch ficará muito mais robusto.

Entrevista Exclusiva com @felipero sobre Proposta de Valor

Comente!

O que você tem feito para validar suas ideias? Deixe o seu comentário.

Conteúdo Relacionado

Share This